30/09/2020 - 14:43 - Atualizado em 02/10/2020 - 15:09

Outubro Rosa | "Um simples gesto pode salvar vidas" e "Quanto antes melhor"

Campanhas contra o câncer de mama destacam importância do auto exame e do estilo de vida saudável


Na Postal Saúde, as peças criadas para apoiar a campanha Outubro Rosa fazem alusão à importância do autoexame para a prevenção e o diagnóstico precoce do câncer de mama: Com os motes Um toque de autocuidado e Um simples gesto pode salvar vidas, a Operadora chama a atenção para o cuidado pessoal como a melhor forma de prevenção.

Para marcar a data, a Operadora também preparou uma entrevista exclusiva com a médica Núbia Pereira Pinto, da rede credenciada, com com formação em Ginecologia e Radiologia, voltada para a saúde da mulher. A entrevista será publicada ainda nesta semana, aqui no site da Operadora.

Por sua vez, a Sociedade Brasileira de Mastologia (SBM) lançou o movimento de conscientização Quanto antes melhor. A ideia é chamar a atenção das mulheres para a adoção de um estilo de vida saudável no dia a dia, com a prática de atividades físicas e boa alimentação para evitar doenças, entre elas o câncer de mama.

A SBM quer reforçar que há muita vida após o câncer de mama e que o cuidado com a saúde feminina deve ser olhado com atenção, principalmente neste momento em que o rastreamento e o tratamento foram prejudicados e ainda estão sendo retomados por conta da pandemia de Covid-19.

Conte com a rede credenciada da Postal Saúde

A Postal Saúde conta com uma ampla rede credenciada em todo o país com ginecologistas, mastologistas e clínicas de diagnóstico por imagem para que você realizar os exames preventivos necessários. Acesse o Guia de Saúde na página principal do site www.postalsaude.com.br e busque um especialista em sua região.


Conscientização sobre fatores de risco

De acordo com o presidente da SBM, Vilmar Marques, o movimento deste ano será totalmente online e focará na disseminação da informação. “Diversos estudos revelam que o sobrepeso e a obesidade, além da falta de atividades físicas no dia a dia, aumentam os riscos para câncer de mama e ainda proporcionam uma má qualidade de vida para quem está em tratamento".

"Nosso alerta é para QUANTO ANTES mudar o estilo de vida MELHOR para a saúde e, desta forma, evitar que novos casos de câncer de mama ocorram”, afirma ele, completando que o acompanhamento com o mastologista e a realização da mamografia anual nas mulheres a partir dos 40 anos é igualmente importante para a prevenção.


Recomendações durante a pandemia

Em relação à pandemia de Covid-19, ele destaca a preocupação da Sociedade Brasileira de Mastologia com a interrupção do rastreamento e exames de rotina que são imprescindíveis para identificação do diagnóstico precoce.

A SBM recomenda que nas regiões onde o pico da doença diminuiu, os casos estão estabilizados e existe certa flexibilização, as mulheres retomem seus exames, desde que seguindo as medidas de segurança.

“Uma vez deixando de fazer o rastreamento e não identificar o diagnóstico de um tumor inicial com alta chance de cura pode resultar em um diagnóstico tardio com o tumor avançado e menor chance de tratamento efetivo”, explica o médico.

Já nas regiões com alta incidência da pandemia, o mais correto é que as mulheres não consideradas urgentes, assintomáticas ou que fazem controle por alterações benignas aguardem o momento de pico passar.

Atenção! No entanto, no caso de a mulher suspeitar de um nódulo palpável ela não deve postergar e buscar atendimento imediatamente para fazer o diagnóstico. “A pandemia gera uma sensação de insegurança e muitas mulheres deixaram de ir ao consultório e fazer seus exames de rotina por não se sentirem seguras. Isso é natural, mas é preciso retomar o rastreamento o quanto antes para evitar casos avançados no futuro”, conclui Dr. Vilmar.

Para colaborar com a disseminação da informação, a SBM realizará ações online para chamar a atenção da população em relação aos hábitos importantes que precisam ser feitos no dia a dia e que melhoram a qualidade de vida.

Dicas de hábitos ideais para uma rotina saudável

  • Alimente-se bem e não fique muito tempo sem comer, ou seja, prefira comer de três em três horas, em pequenas quantidades, sempre priorizando os alimentos naturais e evitando os alimentos industrializados.
  • Evite o excesso de gorduras e carboidratos simples, como açúcar adicionado aos alimentos, doces, sucos de caixinha ou saquinho, refrigerantes, pão branco, macarrão, sempre preferindo as opções integrais.
  • Procure ingerir proteínas de boa qualidade, principalmente frutas, legumes e verduras por serem fontes de vitaminas e minerais essenciais e ricas em fibras que ajudam na saciedade e no funcionamento adequado do intestino.
  • Pratique exercícios físicos durante a semana. O ideal são 150 minutos de atividades físicas moderadas ou 75 minutos de atividades vigorosas divididas pelos dias da semana.
  • Planeje o seu dia alimentar e tente segui-lo.

O Outubro Rosa

O Outubro Rosa nasceu em 1997, nos Estados Unidos, com o intuito de promover a conscientização das mulheres para se prevenirem do câncer de mama. O símbolo do movimento é o laço rosa, aderido por diversas empresas e entidades que também divulgam a campanha. O movimento se tornou tão popular que, nessa época do ano, é comum ver prédios, pontes e monumentos iluminados em homenagem à causa.

Campanha também é válida para os homens

Embora com uma proporção muito inferior ao das mulheres, 1% dos casos do câncer de mama são diagnosticados em homens. Os sintomas, cuidados e os tratamentos são idênticos.

De acordo com dados do INCA, o mal é mais decorrente em homens com mais de 50 anos de idade. O secretário geral da Sociedade Brasileira de Mastologia (SBM), Dr. Eduardo Millen, orienta os homens a atentarem-se a possíveis mudanças nas mamas. "Devem ficar atentos a sinais como dor, sensibilidade, caroços ou o aumento do volume das mamas, e procurar por ajuda médica imediatamente", disse, em entrevista ao Instituto Oncoguia.


Fontes: Postal Saúde
Sociedade Brasileira de Mastologia
Instiuto Oncoguia
Fotos: 123RF