28/09/2018 - 15:04 - Atualizado em 28/09/2018 - 18:30

Outubro Rosa: Programa Saúde da Mulher contribui para prevenir, diagnosticar e tratar o câncer de mama

As ações incluem consulta com o ginecologista, realização de exames preventivos e encaminhamentos para tratamento da doença, uma vez diagnosticada

Neste mês de outubro, inicia-se o movimento de conscientização e prevenção do câncer de mama. É a campanha Outubro Rosa, que é celebrada ao longo do mês e marcada por diferentes atividades, palestras e ações afirmativas.

A Postal Saúde, como operadora do plano de saúde dos empregados dos Correios, também adere à campanha. Uma das iniciativas que vêm sendo desenvolvidas com êxito é o Programa Saúde da Mulher.

Lançado em março deste ano, com abrangência no Distrito Federal, o Programa Saúde da Mulher é voltado para a prevenção e o rastreamento do câncer de mama e também de outros cânceres e doenças que acometem as mulheres, como o câncer do colo do útero e as infecções sexualmente transmissíveis (IST). As ações incluem consulta com o ginecologista, realização de exames preventivos e encaminhamento para tratamento da enfermidade, uma vez diagnosticada.

Com apenas seis meses de funcionamento, o programa já trouxe resultados muito positivos para o público-alvo beneficiado. Cerca de 90% das mulheres que comparecem à primeira consulta realizam os exames solicitados. Destas, cerca de 40 já foram encaminhadas para tratar outras enfermidades.


Pesquisa de satisfação

Outro dado positivo é que uma pesquisa feita pela equipe de saúde do programa revelou que cerca de 90% das beneficiárias atendidas estão muito satisfeitas com a iniciativa. Por essa razão — e dada a importância da prevenção para o rastreamento e o diagnóstico precoce da doença — o Programa Saúde da Mulher será expandido para outras regiões do País.


Quem pode participar

Podem participar do Saúde da Mulher todas as mulheres beneficiárias da Postal Saúde com idade igual ou superior a 18 anos.


Como funciona

A Postal Saúde firmou parceria com a Clínica Caputo, da Rede Credenciada, no Distrito Federal, que entra em contato telefônico para explicar sobre o programa, agendar a consulta com o ginecologista e realizar os exames.


Exames e acompanhamentos

Durante a primeira consulta, o ginecologista fará a avaliação e, de acordo com a idade, verificará quais exames devem ser solicitados, com foco na detecção precoce do câncer de mama, do colo do útero e infecções sexualmente transmissíveis.

Vale lembrar que as consultas e os exames que constam no protocolo do Programa Saúde da Mulher são totalmente gratuitos, ou seja, sem coparticipação das despesas médicas.

A mamografia (imagem acima) é um dos exames previstos no protocolo do Programa Saúde da Mulher


Conscientização

A Postal Saúde pretende aumentar o número de adesões ao Programa Saúde da Mulher para beneficiar o maior número possível de mulheres.

Por isso, orienta as beneficiárias que receberem a ligação da Clínica Caputo a aceitar a inscrição no programa, que se efetiva com a marcação e a realização da consulta na clínica com o ginecologista.

Outra orientação é para que as próprias beneficiárias atuem como multiplicadoras da informação, estimulando suas colegas de trabalho a se inscreverem no programa.


Saiba mais

As informações sobre o Programa Saúde da Mulher estão disponíveis no site da Operadora (www.postalsaúde.com.br). No menu “Institucional”, clique em Programas de Saúde, depois em Programa Saúde da Mulher. Nesse espaço, também estão divulgados os telefones de contato da Postal Saúde e da clínica conveniada.


Por: Comunicação/Postal Saúde
Fonte: Gerência de Programas de Saúde (GESAU)
Fotos: Stock Photos