20/05/2015 - 16:34 - Atualizado em 25/02/2016 - 11:54

O PBM também tem reembolso!

Muita gente não sabe, mas o plano Postal Benefício Medicamento, o PBM, também oferece a opção de reembolso. Esta vantagem pode ser utilizada quando não se consegue o medicamento em farmácia credenciada na região.

É muito fácil!


Após comprar o medicamento coberto pelo PBM em uma farmácia que não faz parte do plano, encaminhe, digitalizados:

· nota/cupom fiscal,

· uma cópia da carteirinha e

· prescrição médica em nome do titular (datada, carimbada e assinada pelo médico com o respectivo CRM, dentro do prazo de validade)


para o email pbm@postalsaude.com.br.


É importante lembrar que o pedido de reembolso tem que incluir a justificativa. Só serão aceitos os pedidos:

· relacionados a medicamentos cobertos pelo plano,

· que sejam feitos por não haver farmácia incluída no município e

· se o Cartão de Identificação do Beneficiário não passar (verificar com a operadora o motivo, para saber se o caso se aplica ou não nas possiblidades de reembolso).


O Beneficiário receberá resposta por email e, caso aceito, o reembolso acontecerá em até 30 dias.


Lembramos que o PBM não se estende ao grupo familiar, apenas ao titular empregado/aposentado dos Correios.

O PBM é um benefício dos Correios a seus empregados. Sua abrangência é nacional e destina-se à aquisição de medicamentos tarjados, de marca e genéricos, mediante receita prescrita por médico ou dentista devidamente inscrito em seu respectivo conselho profissional (os medicamentos não tarjados, mesmo com prescrição, não estão incluídos no plano).

O plano oferece 800 medicamentos gratuitos (clique aqui para acessar a lista de medicamentos com 100% de subsídio), além de descontos de 50% e 60% na compra de remédios em drogarias credenciadas em todo o Brasil.