27/03/2018 - 09:00 - Atualizado em 27/03/2018 - 15:54

​Programa Saúde em Dia tem avaliação positiva de beneficiários

Após receberem as primeiras ligações telefônicas para o acompanhamento de saúde, participantes do programa dizem que se sentem cuidados e amados pela Postal Saúde. “Sinto que não estou largada, à toa”, afirma beneficiária

Benedito Filho, 71 anos: "eu me sinto bem cuidado pela equipe
do Saúde em Dia" (Foto: Arquivo pessoal)


Com pouco mais de um mês de funcionamento, o Programa Saúde em Dia está de vento em popa e já conta com cerca de 2.400 beneficiários incorporados às ações de atenção e cuidado à saúde. Ao todo, o programa pretende alcançar um público aproximado de 5 mil beneficiários.

O programa está sendo bem recebido pela maioria dos beneficiários contatados pela Postal Saúde, que dizem se sentir “cuidados”. É o caso da ex-carteira Sônia Soares da Cruz, 51 anos, aposentada em abril de 2017 por problemas na coluna que se complicaram ao ponto de fazê-la passar por oito cirurgias.

Hoje com 12 pinos, movimentos limitados e outros problemas relacionados às lesões sofridas pela medula espinhal, a beneficiária tem um quadro clínico que exige cuidado e atenção especiais. Por essa razão, ela foi selecionada para o programa Saúde em Dia, no estado de São Paulo.


Segurança

“O programa me dá segurança, pois tenho a sensação de que alguém está cuidando de mim, da minha saúde; que não estou à toa”. Fumante e hipertensa, ela diz que está acima do peso e gostaria de orientação para mudar os hábitos e viver com mais qualidade de vida. Foi o que fez a enfermeira do Programa Saúde em Dia, no acompanhamento por telefone. “Eu gostei muito do atendimento, foi muito profissional. A pessoa que me ligou não me criticou por fumar; apenas perguntou se eu não gostaria de diminuir o cigarro, e eu disse que sim”.


Novos hábitos

O estímulo e as orientações da equipe do Saúde em Dia surtiram efeito. Sônia, que fumava um maço de cigarros por dia, agora está fumando cinco a menos. A redução da quantidade de tabaco é um passo importante para o abandono do vício.

O próximo passo será marcar consulta com um endocrinologista para equilibrar o peso. “Às vezes fico meio desanimada, mas sei da importância de cuidar da saúde para viver melhor”, afirma a beneficiária, que mora com a mãe e a irmã.


De olho nas orientações de saúde

Sônia conta que, antes da aposentadoria, ficou três anos afastada do trabalho e, após passar por várias reabilitações, retornou às atividades em abril de 2016, desta vez não mais como carteira. Ficou lotada no CDD (Centro de Distribuição Domiciliar) no bairro Vila Nova Cachoeirinha, em São Paulo.

Tudo estava sob controle até o fatídico dia em que, realizando suas atividades normais no local de trabalho, acabou caindo da cadeira e fraturando a coluna no mesmo local afetado pelas cirurgias.

O último procedimento cirúrgico ocorreu em novembro de 2016, após a queda da cadeira. As complicações foram tantas que ocasionaram sua aposentadoria precoce. “Agora estou cuidando da minha saúde e seguindo as orientações da equipe do Programa Saúde em Dia”, conclui a ex-carteira.


“Equipe de anjos”

Para a arquiteta aposentada dos Correios, Eliane Maravalhas, que trabalhou na Divisão de Engenharia da estatal, em Brasília, é muito gratificante receber esse cuidado dos profissionais do Saúde em Dia. Ela conta que já recebeu duas ligações da equipe do programa, na capital federal.

“É uma equipe de anjos que trabalha para nos ajudar a ter disciplina e zelo com a saúde e uma alimentação saudável. Eles perguntam tudo sobre nossa saúde, o que nos ajuda na prevenção das doenças e na qualidade de vida. Parabéns a esse projeto fantástico, no qual eu me sinto amada e cuidada”, elogia.


Esperança

A experiência do beneficiário aposentado Benedito da Silva Filho (foto), 71 anos, com o Programa Saúde em Dia, no Maranhão, também é positiva. Com frases espaçadas, ele disse considerar a iniciativa importante. “Eu me sinto bem cuidado pela equipe. Meu sentimento é de grande alegria, pois mostra o quanto posso ser observado e orientado por profissionais qualificados. Agradeço pela iniciativa do programa e espero que todos possam ter esse acompanhamento, que é de grande importância para a vida das pessoas. Quanto a mim, espero melhorar meu estado de saúde, afirma seu Benedito.

Com hipertensão e diabetes, ele convive com o Mal de Parkinson, um marca-passo e oito stents cardíacos. Para os cuidados diários, conta com a ajuda da esposa, dona Maria do Rosário, 62 anos. “Quem fala com o profissional do programa sou eu. Fizeram muitas perguntas, inclusive sobre os exames de próstata dele”, relata.


Apoio

Com o Saúde em Dia, dona Maria do Rosário não se sente sozinha nos cuidados com o marido. Ele e os beneficiários selecionados para o programa, em âmbito nacional, podem contar com o apoio de uma equipe multidisciplinar de saúde e acionar o serviço 0800 881 1020 sempre que necessitarem de informações ou orientações de saúde. O serviço funciona 24 horas por dia, 7 dias por semana, inclusive nos feriados.


Leia também:

Postal Saúde lança programa Saúde em Dia
Ano tem início com novos programas de saúde


Por: Comunicação/Postal Saúde

Tags