página principal > Dicas da Postal Saúde

Ministério da Saúde convoca para o Dia D da Campanha de Multivacinação neste sábado (26/8)  

Crianças e adolescentes menores de 15 anos são o público-alvo, mas qualquer pessoa poderá atualizar atualizar seu cartão de vacinação

25 de agosto de 2023 - Atualizado em 25 de agosto de 2023

 

O Ministério da Saúde convoca a população para comparecer aos postos de saúde neste sábado (26/8), Dia D da Campanha Nacional de Multivacinação.  O público-alvo da campanha são crianças e adolescentes menores de 15 anos, mas qualquer pessoa poderá aproveitar para atualizar seu cartão de vacinação.

Haverá oferta de imunizantes contra doenças como hepatite, meningite, pólio, pneumonia, febre amarela, varicela, HPV, difteria, tétano, covid-19 e gripe, entre outras.

 

“Vacinas salvam vidas”    

Em nota divulgada na quinta-feira (17/8), dia de lançamento da Campanha, a ministra da Saúde, Nísia Trindade, comentou sobre o risco de as doenças já eliminadas no Brasil voltarem, como a poliomielite. “Com a queda das coberturas vacinais nos últimos anos, nós temos, infelizmente, o risco de reintrodução de doenças que estavam eliminadas no Brasil. Por isso, precisamos proteger as nossas crianças e os nossos adolescentes.”

Em entrevista à Agência Brasil, o diretor do Departamento de Imunização e Doenças Imunopreveníveis do ministério, Eder Gatti, reforçou ao público a segurança dos imunizantes. “Lembramos que as vacinas são seguras e salvam vidas. O Programa Nacional de Imunizações [PNI] conta com o apoio de especialistas pautados pela ciência para a tomada de decisões.”

 

Meta é retomar as altas coberturas vacinais 

Para incentivar e apoiar as ações de multivacinação, o Ministério da Saúde repassou para a campanha mais de R$ 151 milhões. A pasta indica que outras ações também estão sendo realizadas para retomada das altas coberturas vacinais, como a busca ativa de não vacinados, vacinação nas escolas e quando ocorrer qualquer contato com um serviço de saúde, intensificação da vacinação em áreas indígenas e nos locais onde as taxas de imunização estão mais baixas, entre outras iniciativas.

Assista ao vídeo da campanha do Ministério da Saúde, com Xuxa e Zé Gotinha 


Fonte: Agência Brasil

Foto: Banco de imagem 123rf