página principal > Dicas da Postal Saúde

Saiba como prevenir doenças ocupacionais como LER e DORT

Apesar de existir tratamento para essas enfermidades, o foco deve ser a prevenção

17 de agosto de 2023 - Atualizado em 17 de agosto de 2023

As Lesões por Esforços Repetitivos (LER) e os Distúrbios Osteomusculares Relacionados ao Trabalho (DORT) são as doenças que mais afetam os trabalhadores brasileiros. Elas são responsáveis pela maior parte dos afastamentos do trabalho e podem prejudicar a produtividade laboral, a participação na força de trabalho e o comprometimento financeiro e da posição alcançada pelo trabalhador.

A ocorrência de LER e DORT é mais frequente nos profissionais que atuam nos setores de indústria, comércio, alimentação, transporte e serviços domésticos/limpeza. Faxineiros, operadores de máquinas fixas, alimentadores de linhas de produção e cozinheiros costumam apresentar alguns desses problemas de saúde no trabalho, ao longo da vida.

O uso contínuo do computador, sem exercícios de alongamento, também pode provocar lesões, como tendinite, nos membros superiores.

Sintomas

Algumas das principais lesões são as que acometem ombro, braços, antebraço e mãos, com inflamações em articulações e nos tecidos que cobrem os tendões.

Os sintomas são dor, sensação de peso nos ombros  e fadiga.

Prevenção

Apesar de existir tratamento, como indicação de fisioterapias e uso de anti-inflamatórios, o foco está na prevenção. E uma das formas de prevenir as síndromes é pela ergonomia, ciência que adapta as condições e adaptações do trabalho às características e necessidades do trabalhador.

No entanto, além da correção do ambiente, da adoção de medidas preventivas e da oferta de novas formas e ferramentas de trabalho por parte da empresa, as ações individuais também fazem a diferença. Por isso, para evitar essas condições, é importante:

  • Manter sempre uma postura apropriada durante o horário de trabalho, com as costas eretas e bem apoiadas no encosto da cadeira;
  • Fazer pausas e alongamentos a cada 60 minutos;
  • Respeitar os limites do corpo;
  • Utilizar apoios ergonômicos para os punhos e pés durante a utilização do computador;
  • Manter o monitor na altura dos olhos para não ter que forçar o pescoço para baixo;
  • Utilizar cintas e outros acessórios de proteção fornecidos pela empresa ao executar tarefas que exigem força física;
  • Praticar exercícios físicos regularmente;
  • Manter um estilo de vida saudável.

Ginástica Laboral

A ginástica laboral engloba exercícios efetuados no próprio local de trabalho. Além de ser uma excelente forma de prevenção de LER e DORT, reduz o estresse, as dores musculares, a fadiga e a tensão muscular. Além disso, aumenta a consciência corporal e melhora o condicionamento físico, a flexibilidade, a coordenação e a resistência, atuando de forma preventiva e terapêutica.

Leia também:  8 alongamentos simples para fazer no trabalho


Fontes:
Sites Unifesp/Ministério da Saúde/Fiocruz/Tua Saúde
Foto: 123rf