página principal > Dicas da Postal Saúde - 10

Saúde da Mulher |Quando procurar um ginecologista?

Tire essas e outras dúvidas

21 de outubro de 2021 - Atualizado em 21 de outubro de 2021

 

Ginecologistas são os profissionais responsáveis por cuidar da saúde da mulher, lidando com uma ampla gama de questões, incluindo obstetrícia ou gravidez e parto, menstruação e questões de fertilidade, infecções sexualmente transmissíveis (DSTs), distúrbios hormonais, entre outros.

No Brasil, médicos de família e comunidade têm conhecimento sobre rotinas de saúde da mulher e obstetrícia para cuidar dos nossos pacientes em todas as idades. Portanto, são capazes de dar assistência médica para mulheres de todas as idades e, caso seja necessário, encaminham para um ginecologista ou outro especialista.

Quando procurar um ginecologista

Uma mulher deve procurar um ginecologista para exames anuais, como papanicolau e ultrassom transvaginal, e sempre que tiver dúvidas sobre sintomas como dor pélvica, vaginal, vulvar ou sangramento anormal do útero. Na dúvida, procure um profissional da sua confiança.

No geral, as condições comumente tratadas por ginecologistas incluem:

  • Questões relacionadas à gravidez, fertilidade, menstruação e menopausa
  • Planejamento familiar, incluindo contracepção , esterilização e interrupção da gravidez
  • Problemas com tecidos que suportam os órgãos pélvicos, incluindo ligamentos e músculos
  • Infecções Sexualmente Transmissíveis
  • Síndrome dos ovários policísticos
  • Incontinência urinária e fecal
  • Condições benignas do trato reprodutivo, como cistos ovarianos , miomas , distúrbios mamários, úlceras vulvares e vaginais e outras alterações não cancerosas
  • Condições pré-malignas, como hiperplasia endometrial e displasia cervical
  • Cânceres do trato reprodutivo, nas mamas e tumores relacionados à gravidez
  • Anormalidades congênitas do trato reprodutivo feminino
  • Atendimento de emergência relacionado à ginecologia
  • Endometriose , condição crônica que afeta o sistema reprodutivo
  • Doenças inflamatórias pélvicas, incluindo abscessos
  • Sexualidade, incluindo questões de saúde relacionadas às relações homossexuais e bissexuais
  • Disfunção sexual

Muitas vezes, os ginecologistas oferecem atendimento de saúde geral, incluindo medicina preventiva para mulheres e diagnóstico e tratamento de problemas como enxaquecas, dores de cabeça , dores lombares , alterações de humor e acne, sobretudo, acne hormonal.

 Com que idade devem começar as idas ao ginecologista?

Um ginecologista pode tratar uma menina ou uma mulher em qualquer idade. A Febrasgo (Federação Brasileira das Associações de Ginecologia e Obstetrícia) recomenda que a primeira consulta com o ginecologista seja feita no início da puberdade, antes mesmo da primeira menstruação, com aproximadamente 12 anos de idade.

O órgão recomenda também que, antes da consulta, os pais conversem abertamente com a filha explicando como será o atendimento, a sua importância e o que esperar. Além disso, é importante que todas as pessoas envolvidas no atendimento – desde a recepcionista até o médico, passando pelos pais – se engajem para que a experiência seja a mais tranquila possível para a menina.

É preciso construir um relacionamento com o médico que permita que uma menina ou mulher se sinta mais confortável para fazer perguntas sobre menstruação, sexualidade e assim por diante, além de fornecer um ponto de contato se os sintomas ocorrerem no futuro.

Também dá ao médico a oportunidade de orientar o bem-estar geral da mulher a longo prazo, por meio de aconselhamento sobre questões importantes de saúde e estilo de vida.

O que esperar de uma consulta com o ginecologista

O que acontece no ginecologista depende do motivo da consulta e da situação do indivíduo. Se for a primeira consulta de uma jovem , ela pode apenas conversar com o médico, obter algumas informações gerais de saúde e descobrir o que esperar no futuro. Um dos objetivos principais dessa primeira consulta é estabelecer um vínculo a longo prazo entre paciente e médico.

O que é preciso saber antes da consulta com o ginecologista

  • Relate honestamente as suas preocupações com a saúde e estilo de vida  ao ginecologista. Esse é um ambiente seguro para você tirar todas as suas dúvidas com total sigilo.
  • Um exame ginecológico, incluindo um esfregaço de Papanicolaou, pode ser desconfortável, mas geralmente não é doloroso.
  • Não é necessário se depilar antes da consulta.
  • É melhor evitar a atividade sexual, usar uma ducha vaginal ou tampões por 2 dias antes de um exame ginecológico.
  • Você pode ter um acompanhante durante a consulta, caso queira.
  • Mantenha sempre o contato com seu profissional de saúde!

Fonte: Amparo Saúde
Acesse: https://www.postalsaude.com.br/postal-teleconsulta-24-horas/

Foto: Dreamstime