página principal > 10 alimentos que vão desinflamar seu corpo, segundo especialista

10 alimentos que vão desinflamar seu corpo, segundo especialista

Uma dieta anti-inflamatória é uma proposta alimentar que visa reduzir a inflamação no corpo. Assim, está relacionada a doenças cardiovasculares, hipertensão, ansiedade, depressão, diabetes (tipo II) e até mesmo alguns tipos de câncer, além de casos de depressão e obesidade.

Quando o corpo está inflamado, ocorrem várias alterações no organismo que funcionam como alertas vermelhos indicando que algo não está bem. Dessa forma, há uma redução na qualidade de vida. Alguns dos indícios são: irregularidades no intestino, oscilação de energia, excesso de oleosidade na pele, que causam espinhas, e até mesmo olheiras.

De acordo com estudos de Harvard Health Publishing, certos hábitos alimentares podem reforçar a condição de inflamação no corpo. Dessa forma, a fim de reduzir ou prevenir a inflamação, as refeições devem ser equilibradas e repletas de alimentos ricos em propriedades antioxidantes. Você deve incluir no cardápio alimentos ricos em gorduras saudáveis (presente em azeite, nozes, amêndoas, abacate e peixes), frutas, verduras e legumes, além de mandioca, batata-doce, abóbora cabotiá, ervas frescas e especiarias.

O que evitar em uma dieta anti-inflamatória

  • Bebidas açucaradas: refrigerantes e sucos de frutas adoçados;
  • Carboidratos refinados: pão, massa branca;
  • Sobremesas: biscoitos, doces, bolo e sorvete;
  • Carnes processadas: peito de peru, mortadela, salsichas;
  • Salgadinhos processados: biscoitos recheados, salgadinhos;
  • Gorduras trans: alimentos com ingredientes parcialmente hidrogenados;
  • Álcool: cerveja, gin, vodca, etc.

O que não pode faltar em uma dieta anti-inflamatória

1. Uvas roxas

As uvas contêm compostos vegetais com propriedades anti-inflamatórias e antioxidantes. E mais: podem diminuir o risco de várias patologias, como doenças cardíacas e obesidade.

2. Frutas vermelhas

Mirtilos, morangos, framboesas e amoras contêm fibras e antioxidantes com ação no combate a inflamações. E, também, essas frutas não apenas reduzem a inflamação existente, como também preparam as células para responder melhor a qualquer inflamação futura.

3. Brócolis

Brócolis é rico em vitaminas K e C, fibras e nos minerais potássio e magnésio. Essas propriedades atuam positivamente na prevenção contra o desenvolvimento do câncer.

4. Ômega-3

Salmão e outros peixes gordurosos são ricos em Ômega-3, que atua na prevenção e tratamento de diversas doenças. A diabete, doenças inflamatórias intestinais, Alzheimer, transtorno bipolar, esquizofrenia e fibrose cística são alguns exemplos.

Além disso, o Ômega-3 também é benéfico em casos de doenças autoimunes, como lúpus, psoríase e esclerose múltipla.

5. Cúrcuma

A cúrcuma ou açafrão-da-terra é uma saborosa especiaria amarelo-laranja. E, também, tem uma variedade de propriedades terapêuticas, incluindo a anti-inflamatória, antioxidante, antimicrobiana, além de características antissépticas e analgésicas.

6. Folhas verdes

Espinafre, couve, acelga e rúcula são ricos em antioxidantes, vitaminas e nutrientes, como ácido fólico, fibras e vitaminas A, C, E e K. Vale lembrar que o aumento do consumo de frutas e vegetais tem sido amplamente recomendado. Como um componente-chave de uma dieta saudável, essas folhas ajudam a reduzir o risco de doenças crônicas importantes, como câncer, e doenças cardiovasculares (DCV), as principais causas de morte em todo o mundo.

7. Abacate

Os abacates são fontes de gorduras saudáveis, que ajudam a reduzir o colesterol e a inflamação nas articulações. Ademais, os abacates contêm vitaminas C, E e K, além de oferecer manganês, selênio e zinco.

8. Tomates

Os tomates são fonte de “licopeno”, que é o pigmento que dá aos frutos vermelhos e rosados. É um nutriente com propriedades antioxidantes associado a benefícios para a saúde, que vão desde a saúde do coração até a proteção contra queimaduras solares e certos tipos de câncer.

9. Azeite de oliva extra virgem

O azeite contém compostos responsáveis por seus benefícios anti-inflamatórios, antioxidantes e antimicrobianos. Aliás, sua ação anti-inflamatória é tão eficaz que foi comparada ao medicamento “Ibuprofeno”.

10. Chia

As sementes de chia são conhecidas como um superalimento. Elas oferecem todos os nove aminoácidos essenciais e, portanto, são uma proteína vegetal de alta qualidade. Além disso, mais de 80% do teor de carboidratos das sementes está na forma de fibra.

Rede credenciada da Postal Saúde

A Postal Saúde possui uma rede credenciada com vários profissionais, como nutricionista e nutrólogo para orientar sobre alimentação saudável. A partir de uma consulta inicial, os profissionais irão identificar os seus hábitos alimentares, solicitar exames e fazer um acompanhamento compatível com as suas necessidades.

Busque aqui um profissional ou estabelecimento credenciado 

Conheça a Estratégia Saúde & Família da Postal Saúde  

Se você é beneficiário da Postal Saúde e tem um filho ou dependente no plano de saúde com suspeita de autismo, busque orientação da equipe da Estratégia Saúde & Família. O serviço é um modelo de atenção primária à saúde que a Operadora oferece aos seus beneficiários, com foco na prevenção de doenças, no cuidado integral e na assistência contínua, ao longo da vida.  É o mesmo conceito de atendimento feito pelo “médico de família”, sistema amplamente adotado nos países desenvolvidos. Além de cuidar da saúde de forma preventiva, esse modelo permite mais economia para o bolso do beneficiário, uma vez que não há coparticipação para as atividades que integram o pacote de serviços da Estratégia

Saiba como funciona a Estratégia Saúde & Família em seu estado

 


Fontes: Site Terra (com consultoria da Dra. Marianna Magri, médica nutróloga)
Postal Saúde
Foto: Banco de imagens 123 rf