página principal > Dia dos Pais | Pai Presente: um estímulo à paternidade participativa

Dia dos Pais | Pai Presente: um estímulo à paternidade participativa

 

“O melhor presente que nós,  pais,  podemos dar aos filhos é a nossa presença. Um dia eles irão embora, mas terão prazer em voltar para ficar um tempo conosco. Pais, sejam provedores de presença!”
Esdras Messias –  jornalista, publicitário e influenciador digital 

 

Fazer a diferença na educação do filho e inspirar outros pais a exercerem a paternidade com mais participação na vida dos filhos, em uma sociedade marcada pelo imediatismo, são ideais abraçados pelo jornalista e publicitário Esdras Messias dos Santos. Com 36 anos e pai de Isaque, 11 anos, ele integra um grupo de pais influenciadores de várias regiões do Brasil.

Para transformar o sonho em realidade, Esdras decidiu criar em 2019 o projeto Pai Presente (@ paipresente.oficial), utilizando as redes sociais como plataforma. A ideia foi ganhando fôlego, espaço e parcerias.

“Utilizo as redes sociais como ferramenta. Por lá compartilho textos, fotos, frases e vídeos com conteúdo sempre convidando os pais à reflexão sobre algum tema relacionado à convivência”, explica.

E o projeto continuou se expandindo. “Antes da pandemia gravei dois talkshows com profissionais para falar sobre prevenção de abuso infantil e sexualidade do casal após o nascimento dos filhos. Também participei da criação do Clube do Papai, um site de conteúdo voltado aos pais”, explica Esdras”.

Mais presença 

Em 2020, ele foi um dos organizadores da 1ª Conferência Online de Pais, realizada de 17 a 21 de agosto de 2020, com a participação de 600 pais. “O objetivo foi trazer mais pais para perto e demonstrar que é possível conciliar nossas agendas externas com mais presença na vida de nossos filhos”, ressalta.

“Quanto mais pais conscientes de seu papel, teremos mais filhos resolvidos emocionalmente e menos relações conjugais e parentais desgastadas”.

Como tudo começou

Esdras conta que a ausência dos pais nas reuniões escolares sempre o incomodou muito, estimulando-o pensar como essa realidade poderia ser mudada. “Então decidi expor minha vida pessoal para, de alguma forma, alertar os pais a serem mais presentes. Além disso, não é justo sobrecarregar as mães, se somos coparticipantes na geração do filho”, pondera.

Sempre participativo: exemplo a seguir  

Sobre sua experiência como pai, ele afirma que sempre foi muito participativo e acompanhou todos os exames e as consultas durante a gravidez da esposa Camila.

“Dei banho no meu filho quando ele estava ainda no hospital; e em casa também dei o primeiro banho, obviamente com olhares amedrontados por todos os lados, porque infelizmente existe esse estigma de que os pais não são delicados”, lamenta.

Criança amada, adulto equilibrado

Cuidar para que os filhos se tornem adultos equilibrados, emocionalmente saudáveis, é outra preocupação do influenciador.  “Muitos adultos com quem convivo sofrem dores emocionais devido à ausência paterna na infância ou por traumas de uma convivência autoritária e negligente”, alerta o paizão, que recentemente finalizou uma especialização em Terapia Familiar para aprimorar os conhecimentos na área.

E-book Como nossos filhos amam

Compreender a linguagem de amor dos filhos é fundamental para fortalecer a conexão pais-filhos. Foi essa convicção que levou Esdras a produzir o e-book Como nossos filhos amam. O livro ensina os pais a observarem atentamente os sinais emocionais que os filhos lançam.

“Compreender a forma de amar de nossos filhos é fundamental para falarmos a mesma língua. Nem sempre um presente é o que deixa nosso filho feliz. Às vezes ele se sente mais abraçado e amado quando sentamos ao seu lado e assistimos à sua série favorita.

 

Esdras, Camila e Isaque: amor e diálogo são as marcas da família e do casamento de 16 anos (Fotos: Pedro Henrique Mendes dos Santos )

   

Família funcional

Casado há 16 anos com Camila, 36 anos, e originário de uma família com quatro irmãos, Esdras sabe como a família é importante para a formação do indivíduo.

“Eu cresci em um ambiente amoroso e meu pai foi o meu melhor amigo; cuidei dele até os últimos dias de vida”, relata, agradecido.  “Meus pais tiveram um casamento de 50 anos e essa relação me mostrou que viver em um lar com amor gera confiança e autoestima”.

“Para mim a família é uma base e tem o poder de nos ajudar a alcançar sonhos”, defende o colega, que nasceu na cidade de Batatais, no interior de São Paulo, e mora em Brasília desde 1994.

Esdras também presta mentorias para casais e em seus cursos ensina como é importante manter a união do casal para manter a harmonia familiar, que repercutirá positivamente no desenvolvimento dos filhos.

A importância do diálogo

Segundo ele, a chave para um casamento duradouro, além do amor, é o diálogo. “Nós estabelecemos o diálogo como principal componente na relação. Não é fácil, mas tem funcionado”, garante.  “Eu e minha esposa somos muito parceiros. Ela me apoia desde o começo, sugere temas e grava os vídeos. Sem ela eu já teria desistido”, afirma.

Projetos futuros

Sobre os próximos projetos, ele adianta que até o fim de agosto irá disponibilizar o seu primeiro curso online. “Desenvolvi um método de motivação dos filhos na rotina de casa, na escola e também para a diversão sem uso de tecnologias. Também estou estruturando algumas palestras para essa área da parentalidade, além de mentoria para casais”.

“Nem sempre um presente é o que deixa nosso filho feliz. Às vezes ele se sente mais abraçado e amado quando sentamos ao seu lado e assistimos à sua série favorita”. 

 

Convite  

Esdras aproveita para fazer um convite aos interessados no tema: De 9 a 13 de agosto será realizada a Segunda Conferência Online de Pais, com participação do palestrante Marcos Piangers, referência no assunto.

Mais informações sobre a programação desse evento no Instagram @paipresente.oficial ou no canal do Youtube  (youtube.com/esdrasmessias).

Para adquirir o e-book Como nossos filhos amam, acesse o perfil @paipresente.oficial.

 


Postal Saúde faz homenagem


Por: Arlinda Carvalho (Comunicação/Postal Saúde)