página principal > Aline Magalhães Pereira, beneficiária: “Eu venci o câncer de mama”  

Aline Magalhães Pereira, beneficiária: “Eu venci o câncer de mama”  

No auge de sua maturidade, Aline Magalhães Pereira (foto em destaque) enfrentou uma batalha repleta de desafios e aprendizados que mudariam por completo sua forma de encarar a vida. Diagnosticada com câncer de mama, ela inicialmente temeu a morte. No entanto, graças aos exames preventivos regulares, a doença pôde ser combatida com eficácia. Essa história revela como a vida nos confronta com experiências desafiadoras, mas ao mesmo tempo nos oferece a chance de crescer, aprender e inspirar outras pessoas, com coragem e determinação. “O câncer de mama tem cura, e cada mulher merece a oportunidade de lutar e vencer essa batalha”, encoraja. 

 

 

A vida da dentista Aline Magalhães Pereira, 42 anos, sofreu uma tremenda reviravolta quando foi diagnosticada com câncer de mama, em novembro de 2022. Todos os anos ela aproveita a campanha Outubro Rosa – mês em que também faz aniversário – para fazer os exames preventivos.

“Foi muito difícil receber o diagnóstico, mas a fé em Deus, o apoio do marido, da família e dos amigos me deu a força que eu precisava, pois minhas emoções eram muito ambíguas”, conta Aline, lotada na Gerência de Regulação da Postal Saúde, em Brasília.

“Horas eu pensava que ia vencer a doença e me curar, horas eu achava que ia morrer e deixar órfãos meus dois filhos de 11 e 14 anos”, acrescenta. Ela relata que até pensou em escrever uma carta para os filhos antes de se submeter à cirurgia.

Cirurgia pelo plano de saúde: alívio financeiro e fortalecimento psicológico       

A cirurgia — após a biópsia confirmar a existência de carcinoma mama esquerda — foi realizada com sucesso, em janeiro deste ano. “Os médicos indicaram a retirada das duas mamas, para evitar que a doença se alastrasse”, explica a dentista, que nesse caso não precisou se submeter a sessões de quimioterapia e radioterapia”.

Durante a mastectomia bilateral (cirurgia para retirada das mamas), foi feita a reconstrução mamária, técnica necessária para devolver a anatomia feminina e fortalecer o psicológico e a autoestima da mulher.

“Deu tudo certo, hoje preciso apenas de acompanhamento a cada 6 meses e por hora não existe nenhuma célula cancerígena em meu corpo”, comemora Aline.  “Acredito que se eu não tivesse o plano de saúde talvez ainda estivesse aguardando para fazer a cirurgia”.

Ela afirma que ter o plano de saúde salvou sua vida e lhe devolveu a esperança da cura, tudo o que mais precisava naquele momento. “Além disso, o plano me livrou de uma despesa financeira incalculável”, avalia.

Ressignificação: valorizando as coisas simples da vida     

Para Aline, que é missionária evangélica, a experiência lhe trouxe muitos aprendizados: a beleza das coisas simples da vida, o carinho da família e dos amigos, bem como o tempo livre com o marido e os filhos passaram a ter um significado muito mais profundo e especial.

“Antes eu reclamava por bobagem, por coisas que não valiam a pena. Hoje agradeço por tudo e aprendi a aproveitar cada momento da vida, valorizando as coisas mais simples”, afirma.

“Além disso, aprendi a pensar mais positivamente, vigiando os pensamentos provocados pelo medo de a doença voltar”, desabafa.

Mudança de hábitos: mais saúde, mais qualidade de vida 

Cultivar hábitos de vida saudáveis também modificou completamente a rotina de Aline. “Assim que os médicos liberaram, voltei a fazer exercícios físicos todos os dias, adotei uma alimentação equilibrada e fiquei ainda mais atenta à importância da prevenção para a minha saúde e para a saúde de toda a família”, relata a colaboradora da Postal Saúde.

Conscientização: a prevenção que salva vidas 

Com toda essa carga de experiência, hoje ela faz questão de conscientizar amigas e mulheres do seu círculo social e da comunidade sobre a importância dos exames preventivos para o diagnóstico precoce do câncer de mama. Foi dela a iniciativa de prestar este depoimento para a campanha Outubro Rosa da Postal Saúde.

“Os exames preventivos salvam vidas, pois a doença pode ser diagnosticada precocemente, tratada e curada”, conscientiza a profissional de saúde.

Saiba mais:

  Outubro Rosa: prevenção e diagnóstico precoce do câncer de mama – Ministério da Saúde 

Outubro Rosa 2023- Ministério da Saúde  

Cartilha Câncer de mama: Vamos falar sobre isso? 

 

Aline e a conscientização: símbolo do Outubro Rosa tatuado no braço

O câncer de mama tem cura: a importância do diagnóstico precoce   

“Eu venci o câncer de mama, e graças aos exames preventivos regulares a doença foi descoberta no estágio inicial e combatida com eficácia. Por isso, minha mensagem nesse Outubro Rosa é para que as mulheres não adiem a prevenção”, conscientiza Aline.

“O câncer de mama tem cura, e cada mulher merece a oportunidade de lutar e vencer essa batalha”, encoraja a dentista, que tatuou no braço um laço rosa, símbolo da campanha.      

Outubro Rosa na Postal Saúde: ações por todo o país      

Durante o Outubro Rosa, as filiais da Postal Saúde desenvolvem ações por todo o país, em parceria com as Superintendências Estaduais dos Correios e com prestadores credenciados, para conscientizar sobre a importância da prevenção para combater o câncer de mama.

São oferecidas palestras com especialistas e disseminadas informações sobre o tema, estimulando os beneficiários a buscarem os serviços oferecidos pelo plano de Saúde.

Serviço de Atenção Primária à Saúde (APS): grande aliado da prevenção

Se você é beneficiário da Postal Saúde, o serviço de Atenção Primária à Saúde (APS) Família, mais conhecido como Estratégia Saúde & Família, é uma excelente oportunidade para realizar seus exames preventivos.

Portanto, aproveite o Outubro Rosa para se cadastrar na APS – Estratégia Saúde & Família e marcar sua primeira consulta. Todos os anos, várias vidas são salvas graças aos exames preventivos e aos cuidados da equipe de profissionais da Estratégia.

A Atenção Primária à Saúde adota o mesmo conceito de “médico de família”, sistema amplamente adotado nos países desenvolvidos. Além de cuidar da saúde de forma preventiva, contínua e integral, esse modelo permite mais economia para o bolso do beneficiário, uma vez que não há coparticipação das despesas nos serviços que integram o escopo da Estratégia.

Viu só? É a Postal Saúde cuidando de você e de seus dependentes no plano de saúde. Clique no link abaixo para entrar em contato com a APS e marcar a sua primeira consulta: 

Saiba como funciona a Estratégia Saúde & Família em seu estado

Rede credenciada: mais de 13 mil prestadores à sua disposição    

Caso a APS – Estratégia Saúde & Família ainda não tenha chegado ao seu estado, você pode buscar um profissional ou clínica na rede credenciada da Postal Saúde. São mais de 13 mil prestadores pelo Brasil, com profissionais e especialistas capacitados para cuidar da sua saúde. Os serviços realizados terão coparticipação das despesas médicas.

Encontre aqui o prestador credenciado mais perto de você 


Texto: Arlinda Carvalho/Postal Saúde
Arte: Cleiton Parente/Postal Saúde

Fotos: Filipe Rodrigues